1° Hangout – Vernáculo da Física – Visão Relacional do Espaço

1° Hangout – Vernáculo da Física – Visão Relacional

Participantes:

Alexandre Hefren (UFC)
Daniel Wagner  (CBPF)

Neste Hangout, discutimos alguns assuntos: Princípio de Mach, Princípios de Leibniz, visão absoluta Newtoniana. Relatividade. A ideia teórica do físico Julian Barbour. Interpretação relacional da mecânica quântica. Conceito de espaço e outros.

Anúncios
por alexandrehefren Postado em Física

Identidade de Beltrami

A identidade de Beltrami (1868), ou 2° forma da equação de Euler-Lagrange, é uma forma simplificada da equação de Euler-Lagrange para lagrangianas que não dependem explicitamente do tempo.

O problema da braquistócrona foi formulado pelo Johann Bernoulli em 1696. Newton, Jacob Bernoulli, Leibnitz, L’ Hôpital e o próprio Johann Bernoulli resolveram o problema por métodos diferentes. Depois, Euler e Lagrange desenvolveram o cálculo variacional.

A ciclóide foi primeiramente estudada por Galileu em 1599.

por alexandrehefren Postado em Física

Uma derivação da equação de Schrödinger – Parte 1

Equação de Schrödinger não é uma equação derivada apenas experimentalmente. Neste vídeo, apresento uma derivação para a equação partindo de conhecimentos clássicos e com um apoio da álgebra de Lie. Acredito que um Teórico não pode ficar satisfeito com uma equação simplesmente dada.

Parte 2:

por alexandrehefren Postado em Física

Professor José Abdalla Helayël sobre Física do Modelo Padrão

Videos gravados por mim em julho/2012 na IX Escola do CBPF no Rio de Janeiro.

O Professor Helayel é referência em física de partículas e teoria de campos. Possuindo 5 Pós-Doutorados, tais quais em:  ”International School for Advanced Studies in Trieste” , ”Abdus Salam International Centre for Theoretical Physics” (ICTP)  e  na ”International School for Advanced Studies in Trieste” (SISSA) Continuar lendo

por alexandrehefren Postado em Física

A questão do ”Ter”

Eu não entendo quase nada sobre a vida; Porque tenho que querer entender tudo? Isso gera Dukkha, ao menos para mim.

Quando me formei na globalidade de um ser humano, levei algum tempo para entender que era vivo. Mesmo sem saber o que é vida ou conhecer a vida eu sabia que era vivo e esta informação por si somente já era suficiente no plano da plausibilidade, sem necessitar de questionamentos mais amplos e criteriosos. Ainda hoje, é certo que não entendo a vida; tenho alguns modelos teóricos que tentam explicar certos fatos e algumas leis empíricas, baseadas apenas em experimentação, que modelam meu entendimento acerca do assunto. Continuar lendo

Algumas questões respondidas – Vegetarianismo

Este artigo tem por objetivo elucidar apenas alguns questionamentos colocados em face da prática do Vegetarianismo. Não pretendo abordar o assunto minuciosamente, pois se trata de um tema bastante extenso, o qual eu levaria ao menos 1 ano para escrever parte do que conheço e penso sobre o assunto. Portanto, dentre todos os motivos para adotar o Vegetarianismo, abordarei apenas um pouco do fator concernente à moral.

Vegetal também tem vida, e os vegetarianos comem por quê? Continuar lendo

Iluminados

Iluminados são aqueles que nunca se impacientam diante dos dissabores da vida nem se envaidecem com o esplendor da fortuna;

são os que choram sem fazer da lágrima o clamor do desespero;

são os que sorriem sem desdém e fazem do riso o acalento da alma;

são os que lutam sem pensar na morte, como se a vida fosse a eternidade;

Continuar lendo

por alexandrehefren Postado em Palavras