Despedida – JYNX

Como não tenho acesso a um serviço de lápide virtual, esse humilde post fica  de homenagem ao  meu gato JYNX.

Meu querido JYNX,

Antes de tudo, quero te pedir desculpas por você ter ido embora da sua vida antes do tempo. Eu sempre planejei ir ao Japão durante sua velhice e garantir que pudesse ser um gato mais livre, que não ficasse tão preso dentro de casa como aqui ficou. Perdão, eu só queria te proteger dos perigos da rua. Todas as vezes que você tentou fugir para a rua foram momentos terríveis que passei até conseguir te trazer de volta para a proteção da sua casa. Eu acredito que você só queria conhecer um pouco mais o mundo. Eu não conheço muito também, mas te garanto que é horrível, e , se eu pudesse, não queria ser um humano. Desculpa também por não ter feito mais do que eu fiz para te salvar. Se te mandei para aquele banho, era porque queria aliviar sua sujeira do quintal, se eu soubesse que tudo isso ia ocorrer desde aquele dia, estaria te abraçando agora e você me mordendo, como foi durante todos esses quase 11 anos.

Ainda me lembro do 1°dia que você entrou na minha vida, tão pequeno que não comia sozinho. Lembro-me daquelas seringas de leite que eu te forçava a tomar, e você sempre teimoso cuspia tudo. Mal abria os olhos com tanta secreção, foi difícil, mas consegui te fazer enxergar. Você era tão danado que nem fechando a caixa de papelão você queria dormir lá dentro, sempre saia com sua enorme força. Droga,não consigo aceitar que você não esteja mais comigo. Desde bebê, você gostava de me morder, sua maneira de me amar; o que te fez único. Bem, eu achei bom que você não soube como pular o muro do quintal, que você passou a vida toda observando para pegar  briga com os outros gatos que invadiam nosso quintal; você adorava uma briga heim…

Nossa, eu morria de medo que você se ferisse muito. Seu apelido naquela época era “pirineu”

Aos poucos, você ficou tão importante que a porta da frente da nossa casa era “controlada” por você. Até uns 6 anos, você gostava de subir naquela janela do quarto e ficar olhando a rua; a rua que você sempre quis ir, a mesma palco de tragédia de vários outros gatos. Ao menos, te livrei disso. Eu sei que eu podia passear contigo, mas você gostava tanto de pegar uma briga que eu tinha medo de arriscar. E para tomar vacina? Sempre se danando do seu jeitinho. Embora sua forma de ser fosse de um filho rebelde, você adorava se deitar com a cabecinha na minha chinela, doido para comer ração. Quanto mais colocava, mais comia; meu gordo. E a minha cama? Quando minha mãe não estava vendo, você pulava e deitava lá, mas quando a mãe estava por perto, saia e fingia estar deitado no chão. A verdade é que você não tinha um canto certo para dormir né? Gostava de dormir na porta da frente, debaixo da mesa, encima também… haha,  mas seu refúgio era debaixo da minha cama. Droga, estou olhando agora para lá, mas não te vejo e isso me faz sofrer. Tenho certeza, certeza, que se você ganhasse agora 1 minuto de vida, você sairia dessa caixa, como sempre fez quando pequeno, e correria para debaixo da minha cama, para buscar a sua paz que só ali debaixo você encontrava. Mesmo com a porta do meu quarto fechada, pois não adianta mesmo… já que você empurra com tanta força! Se você realmente ganhasse esse último minuto, eu queria passar abraçado com você e te dando ração, já que sua atividade favorita era comer. Infelizmente, você não volta mais e nos seus últimos dias não pôde comer sua ração- Me Perdoa meu amor.

Toda minha vida foi modelada pensando em você, não fiz nada sem pensar em você. Eu queria ir estudar em são paulo naquela época, mas sem mim você estaria  desamparado. Você me fez enxergar que eu não deveria estudar lá, pois não era realmente o que eu queria, mas eu não percebia, e você me ajudou a não errar o meu caminho profissional, fiz a escolha certa. Além disso, ganhamos mais tempo juntos. Obrigado!

Já pelos seus 9 anos, ganhou um apelido carinhoso: “meu velho” ahaha. Acho que era minha preocupação com sua idade aparecendo. Sempre pensei que quando chegasse seu último dia eu ia estar financeiramente independente para te propiciar a melhor partida possível. Desculpa poder apenas te oferecer uma humilde, mas estou colocando nessa carta simbólica todo meu amor que não posso mais te passar. Sim, eu te amo muito. Você participou em mais da metade da minha vida, sabe o que é isso??  Não seria o mesmo sem ter convivido com você. Ai  Jynx, estou me fragilizando novamente por  ter que me despedir daqui há algumas horas do seu corpo material, mas não tem como ser um adeus, pois você está em mim, parte de mim foi criada por você, e eu nunca vou deixar essa parte se perder em meio ao meu complicado “Eu”.

Desculpa pelos que te desrespeitaram dizendo ” ele é só um gato, arranja outro”. NÃO! Você não é substituível e não é apenas um animal que alguém possa dizer ser “meu objeto de carência”. Você é meu pirineu, meu filho, meu amor, meu velho, meu tudo! Te amo!

Sim, existia uma forma de te chamar de qualquer lugar que você estava para perto de mim; bastava sacudir a vasilha de ração, você sempre ouvia e vinha para mim de onde estivesse. Estou com vontade agora de pegar a vasilha de ração e sacudir para você sair dessa caixa.

Just like moon and sun, the back and the front

Even if you’re hurt

the water of love still flows

And your friendship will never dry up.

Many times on the neverending road

have you parted without saying goodbye, but

You can still feel it in your heart

The power that binds you

Just like moon and sun, the back and the front

Even if you’re separated

Until the end of the journey called dreams

your friendship will never look back

Eu não pude descobrir quem realmente sou antes da sua partida, mas você me ajudará com nossas ótimas lembranças a descobrir o que preciso. Para você, deixo todo meu agradecimento por tudo!  Viverei a verdade que busco!

Fighting for truth, fighting for love

Break through the clouds

Keep thinking; keep thinking of the world of light

MEU AMOR,

all have the same dream, but never tell

Only a few can keep travelling

TENHO QUE CONTINUAR VIAJANDO NA “CARAVANA” DA VIDA.

Dê-me forças para não desistir.

NUNCA NUNCA VOU TE ESQUECER, quem sempre te amou e sempre te amará até o fim da minha jornada!!

Keep your pure love, keep your pure love

Someone is calling you

Side by side, meeting future

Search for that smile

In the shining future

Until the day we meet, keep the fire in your heart

Keep your pure love, keep your pure love!!!

Encerro essa carta com minhas lágrimas de desespero, mas também com a gratidão por você ter participado da minha vida.

TE AMO!!!

If you lose your way, the light will guide you

Time will show the way

Alexandre Hefren. (Yumi no tabibito)

Have you parted without saying goodbye, but You can still feel it in your heart The power that binds you.

JYNX

*17/01/2000

.21/12/2010

Anúncios

2 comentários em “Despedida – JYNX

  1. Gostaria que me explicasses o porque de considerares o SP da seguinte frase: O fumo e pequeno para o josue. Esta frase consta do seu artgo sobre o determinismo e gramatica sintagmatica(GS)-Parte2. Porgunto nesse sentido porque quanto a mim o SP nao e no filho de SV, mas sim da frase, que dizer, nem que a frase fosse
    : “O fumo e pequeno” Teria sentido, julgo.
    Tambem, gostaria imensamente que me tornasse elucidativo o porque de considerar “pai” da frase “O pai deu uma maca a crianca.” como sendo outro SN dominado por SN, pois e minha percepcao que “pai” e N dado ocorrer como constituinte terminal.
    A mesma situacao verifiquei na frase: Os dias estao quente. Na qual consideras “quentes” como sendo diretamente um Adjectvo e nao SA, portanto sugiru que seja subordinado na mesma frase o “quentes “=A ao SA.
    Espero por vossa reacao no seguinte email: adolfojose93@gmail ou adolfojose93@hotmail

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s